30 de julho de 2009

Reação!


Mãos que formigam
Dor que da mente vem
Penetra no coração
Amanhã oculto
Frio além da imaginação
Descanso sem encontro
Presença mínima que conforta
Um cansaço interminável...

Rabiscado por: Letícia sicsú
Foto: Letícia Sicsú

Um comentário:

Yan Chaparro disse...

"descanso sem encontro"... lembrei de Hilda Hilst...

a tentiva de compreender o minimo... e se saborear com a perfeição da imaginação, suas sombras, seus nadas...

paz