28 de maio de 2009

Visão do Amor!

















Paixão não.
O que seria então o Amor?
Renúncia, entrega.
Assim como ele fez...entende?
Fazer e não sentir.
Curto e longo.
Palavra e atitude...
Ser o que é.
Dialogar e entender.
Mudar e adaptar.
Suportar, em seu sentido verdadeiro (dar suporte)
Estar ali, nos sorrisos e lágrimas.
Com um abraço, um olhar, um cuidado.
Algo para hoje e amanhã!
Construção no dia-a-dia.
Se não existe reciprocidade, é ilusão.
Valorizar "pequenas" coisas amáveis.
Ter um propósito.
Uma visão.
Um caminho.
“Lutar” ao lado de quem escolheu amar.
Aprender, ensinar e esperar.
O Amor...
Simplicidade e determinação!

Rabiscado por: Letícia Sicsú
Foto: Letícia Sicsú

4 comentários:

Cael Horta disse...

Freud explica. Deve explicar. Ou não. Quem explica essas coisas? E deve-se explicar?
bjs Lelê. Amor, amor...

Ana disse...

Aiai...só suspiro

salx disse...

belo texto leleca... sdd do c! Espero q esteja td bem por aí. Por aqui tá massa... a gent c ve em cg em julho, bjos

Yan Chaparro disse...

Ola leticia...

não conhecia seu blog... parabens pelas fotos e pelos textos... gostei bastante desta composição poética...


suerte...